Aum ॐ Meu Recanto de Paz: Agosto 2014

ॐ Amigos, sejam muito BEM VINDOS!! ♥

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Os Tempos Preditos por Jesus

 
Amados irmãos, muita paz!

Queridos amigos, eis os tempos preditos por Jesus e pelos profetas: O tempo da grande renovação espiritual.

Almas luminosas reencarnaram na Terra e almas tormentosas também. As primeiras, para imprimirem um novo tempo de renovação e esperança; as segundas, como última oportunidade para renovarem-se, retomando o caminho evolutivo no bem.

O momento é espiritual. Os desencarnes coletivos, que vós testemunhais, são os caminhos escolhidos para o retorno ao plano espiritual, à cada um segundo as suas necessidades.

Jesus vos disse, que naqueles dias haveriam casamentos, comércio, indústria...enfim, tudo como é normalmente, mas avisou: ouvireis falar de guerras e de rumores de guerras. Não temeis, os tempos preditos começaram, e se não fordes escolhidos para aqui permanecerdes, é porque sereis necessários em outros orbes, para a vossa própria melhora e para serdes úteis auxiliares aos irmãos do caminho menos evoluídos do que vós.

“Buscai, primeiramente, as coisas que são de Deus”, significa que o que é divino venha antes, mas não vos esqueçais que o pão é necessário. O que importa, é não ligar mais importância a este, como frequentemente vós fazeis sobre a Terra. Sim, porque necessitamos de tantos sapatos? Tantas gravatas? Tantos veículos? Tantas propriedades? O que levarás contigo para o túmulo? Sabeis a hora que partirás? A hora é esta.

Trabalho, oração, caridade e fé.

Fiquem com Deus.


                  Um amigo.



PSICOGRAFIA DO DIA DO MÉDIUM TRABALHADOR, RECEBIDA NA SOCIEDADE BENEFICENTE ESPÍRITA BEZERRA DE MENEZES (PORTO ALEGRE), EM 31 DE JULHO DE 2014

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

A Hora Escura Antes do Amanhecer

É muito triste assistir ao que está acontecendo no mundo. Judeus e palestinos se matando, mais uma vez, como se através de tanta violência pudessem resolver problemas tão antigos.
Custa-me a acreditar que alguém ainda possa iniciar uma guerra, nos dias de hoje. Será que nunca aprenderemos?

O Mestre Jesus, perfeita expressão do amor do Pai, veio nos dar um exemplo, mostrando o caminho do perdão, do entendimento... Mas poucos aprenderam.
E nós, que nos dizemos cristãos, o que estamos fazendo em momentos tão dolorosos? Será que nos lembramos de orar por todos os que estão vivenciando tão grande provação?

Independente de julgamentos, de avaliação de razões que possam explicar o assassinato de um irmão, o que estamos vivendo, mais uma vez, como humanidade, nos envergonha e revolta!
Não somos nós que proibimos a briga de galos? Como justificar, então, uma guerra tão monstruosa?
Infelizmente, isso demonstra o pouco que temos aprendido, pois NADA justifica uma guerra.

Sim, somos donos de um considerável desenvolvimento tecnológico que, ao invés de estar sendo usado apenas para nos fazer mais felizes, torna as guerras ainda mais devastadoras.
Homens constroem, com sacrifício, cidades inteiras e as destroem, sem dó. Andamos pra frente e retrocedemos, para recomeçar. A história está cheia de eventos assim...
Abate-se um avião com irmãos a bordo, pra fazer valer uma crença ideológica. Os que morrem são seres humanos como nós, que produzem, amam, sonham! A comunidade mundial fica inerte, pouco se manifesta... Não me refiro aqui aos políticos, mas ao povo.
Será que todos fomos hipnotizados e nos tornamos insensíveis? Que já não nos tocamos com o sentimento do outro?
Será que ainda não acreditamos que somos todos um e que, portanto, o que lhe faz sofrer me atinge também?

Se lançamos bombas na atmosfera poluímos tudo, mesmo os recantos mais distantes...
Se faço alguém sofrer, mesmo que não me aperceba, levo o sofrimento a toda a comunidade global.
Que vergonha, Pai, sermos ainda tão ignorantes!
O que virá a acontecer, como consequência de tanta maldade? Certamente que não seremos mais felizes e nossas vidas não serão mais fáceis.
O que podemos fazer, além de orar? Denunciar, se insurgir contra uma realidade absurda, para que não continuemos a repetir o erro, sempre de forma pior.

Sim, a Nova Era está se iniciando, com os primeiros raios do Sol de um novo dia surgindo no horizonte. Mas - Pai querido - está difícil viver nesta escuridão que prenuncia um novo amanhecer!
Ajude-nos, Pai, a viver o Amor.
Perdoe a todos aqueles que não querem aprender e impõem suas ideias sem se importarem com o sofrer.
Faça com que finalmente compreendamos a importância da Luz e da Paz.
Que eu olhe meu irmão com as lentes do coração, sem buscar pra tudo uma razão, uma explicação.

ESTAMOS CANSADOS DE MATANÇAS, VIOLÊNCIA, GUERRA, ÓDIOS.
Queremos viver na paz simples do dever bem cumprido. Apenas isso!
 
 
Maria Cristina Tanajura

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Não Desanime!

Não deixemos que o desânimo tome conta de nossa vida.
O desânimo demonstra que não estamos mais acreditando nas
coisas boas nem no futuro. Sabemos que no planeta em que
vivemos há muitas dificuldades a serem superadas pelos
seus habitantes, mas quando criou a Terra, nosso Pai Celestial
sabia de tudo isso. O que Ele espera de nós é que aprendamos
a vencer os obstáculos utilizando-nos de nossa inteligência
e do livre-arbítrio de que nos dotou. As dificuldades existem
para serem vencidas e nos tornar espíritos fortalecidos.
Por isso, entregar-se ao desânimo é não confiar na
Providência Divina. Cada filho de Deus tem um valor
imensurável para Ele, e, sendo assim, como acreditar
que estamos sozinhos e que nossos problemas não têm solução? 
Acreditemos: o mal que muitas vezes nos aflige é lição a ser
aprendida por nós. Cada um tem uma necessidade de aprender
determinada lição, portanto, aceitemos a nossa
e busquemos resolvê-la dando o máximo de nós mesmos
e acima de tudo confiando em nosso Pai Celestial.
Lembremo-nos sempre de que tudo passa, e que o mal é 
passageiro, pois Deus é o próprio bem, amor e alegria
e somente isso espera por nós na eternidade.
 
Do site "Gotas de Paz"
  

Poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...