Aum ॐ Meu Recanto de Paz: Conflitos Familiares

ॐ Amigos, sejam muito BEM VINDOS!! ♥

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Conflitos Familiares


Quem nunca viveu ou assistiu nas datas especiais, no natal, aniversários ou inocentes almoços de família, todos reunidos envolta de uma mesa e de repente fulano disse algo que ofendeu sicrano e quando você se da conta há uma discussão horrorosa e constrangedora que beira a agressão física?
Há muita idealização sobre o significado de família atualmente, há uma família pensada, imaginada, e outra, real, a família que é vivida concretamente em inúmeros lares Brasil afora.
O choque entre a família ideal e a família concreta, gera muita tensão e expectativas frustradas. O ambiente familiar é carregado de cobranças, cada membro da família espera que o outro seja como ele imagina que deve ser. Esta distorção leva as tensões e as brigas exemplificadas acima.
Raros são os casos em que não ocorrem uma sensação de desconforto nas reuniões familiares, porque existem muitas coisas que ao longo dos anos não foram ditas, há ressentimento e magoas não elaboradas e situações de desgastes que formam um caldo dentro de uma panela de pressão e que explodem em momentos em que todos estão juntos.
Quando a situação fica insuportável e compromete a vida, os laços afetivos e as emoções, é indicado a procura de ajuda especializada, compreender a dinâmica da própria família, descobrir porque cada um se comporta do jeito que se comporta dentro da família e como você se situa nessa dinâmica. Este exercício já provoca em você uma mudança que mexe na dinâmica familiar podendo transformá-la e torná-la relações mais saudáveis e descarregadas de tanta tensão.
A família é um sistema, quando uma pessoa começa a mudar, o sistema familiar começa a mudar, por isso ao procurarmos ajuda de um psicólogo podemos nos tornar um fator de mudança que contribuirá para as nossas relações familiares atuais e futuras. Nunca é tarde para darmos a importância que as relações interfamiliares merecem na dinâmica da vida. Nunca é tarde para recomeçarmos após uma autoavaliação negativa a respeito do desempenho de nossos variados papéis na estrutura familiar, porque é errando que se aprende a refletir sobre o erro cometido. Mas, acima de tudo, é acertando que iremos, gradualmente, escalando níveis cada vez mais altos da consciência humana. E o primeiro degrau dessa escada começa lá em baixo, na base: a família. Esse é o caminho da (auto)responsabilidade assumida. O compromisso consigo mesmo, com o semelhante e com a harmonia universal. O resto, a sabedoria da natureza se encarrega.


Autor: "Fátyma de Moraes", site "Somos Todos Um".

Um comentário:

  1. Oi Mari,
    vimos pelas estatisticas do nosso site, que o teu blog possui o nosso link, na proxima atualização, estaremos providenciando e incluindo o teu link no site LUZ ESPÍRITA.
    PAZ E LUZ
    Luz Espírita

    ResponderExcluir

♥Adoro seu comentário!♥

Poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...